terça-feira, 31 de março de 2009

The Life Aquatic With Steve Zissou (a entrevista)

Dois nomes: Bill Murray e Wes Anderson. Tenho dito.

segunda-feira, 30 de março de 2009

Pulp Fiction (Jules & Brett, parte 2)

Aí está, para mim, um daqueles pequenos momentos que me deliciam. Até esperneio de gozo!

Lisboa (1)

Confesso que gosto de ver os desenhos pintados, mas sou muito, muito, muito lento a pintar. Levo horas para decidir que cor fica isto e aquilo. Por isso, para bem da produção, este vai assim.

sexta-feira, 27 de março de 2009

Pulp Fiction (Jules & Brett, parte 1)

Quando fiz o esboço do Marv e da Lucille pensei noutros "Momentos de Ouro" do Cinema e da BD. O Pulp Fiction está cheio desses momentos. Fiz as duas vinhetas ao mesmo tempo, parte 1 e 2, mas têm mais piada se forem intervaladas com outra coisa qualquer.

segunda-feira, 23 de março de 2009

NAMEK Capa de CD

No final do ano passado tive a oportunidade de contribuir na carnificina visual dos NAMEK, uma banda Grind portuguesa, da mais elevada estirpe. Devido à natureza explícita e susceptível de ferir a sensibilidade dos demais, não afixei a capa do CD. O grafismo e o estilo de desenho também são muito diferentes do que costumo fazer. Deixo abaixo o link do myspace da banda, o album é o Split CD with RECTAL SMEGMA (666 Records/Diablos Records - 2009) com duas meninas despidas sobre um fundo vermelho... Beware! http://www.myspace.com/namekgrind

quinta-feira, 19 de março de 2009

Sin City - The Hard Goodbye (Marv & Lucille)

Antes de mais, desculpem o balão em inglês. Prefiro escrever em português, mas como o original é inglês, assim ficou (os poucos que acompanham este blog são de cá, mas partirei para uma versão bi-lingue quando se justificar). Ficam estas imagens da elaboração desta ilustração. O esboço, a montagem digital, com a perspectiva mais ou menos bem feita e a versão final (os puristas do Miller teriam preferido a preto e branco, mas como quero praticar a cor, aguentem-se)

segunda-feira, 2 de março de 2009

Olh'ó passarinho!

Pois é. Assim passou um ano. Confesso que podia ter sido melhor. Podia ter desenhado mais. Podia ter perdido menos tempo em m***** que não resultam em nada. Podia, mas não fiz. Espero fazer melhor este ano. Estou a acabar de escrever uma BD. É uma história que tinha na cabeça há uns anos e timidamente, começou a sair cá para fora. Imaginei-a como um filme, as imagens e cenas eram vivas e fortes. Mas como fazer filmes está um pouco longe das minhas possibilidades, resolvi contar esta história da única maneira possível, através da banda-desenhada. Ainda assim é um projecto imenso e avassalador, pelo menos para mim. De certa forma, esta «exposição» é também uma forma de me comprometer, a seguir em frente, em assumir aos que me conhecem e os poucos que acompanham este Blog, a não desistir, a trabalhar com afinco e resolução. Porque não é só a vontade que move o homem, são as suas acções. Fica este pássaro, que pertence aos primeiros estudos que fiz para a BD.